sexta-feira, 27 de setembro de 2013


Feira da Agricultura Familiar em Gararu


Frutas, verduras, legumes, hortaliças e raízes são alguns dos produtos comercializados ontem, 24, no primeiro dia da Feira da Agricultura Familiar no município de Gararu. A iniciativa é do Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência e Desenvolvimento Social, em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), e tem como objetivo fortalecer a agricultura familiar, criando frentes de comercialização para o escoamento da produção de pequenos agricultores rurais.
Foto: Edinah Mary

 
 A inauguração da feira em Gararu conta com 15 barracas e beneficia 25 agricultores do município, que a partir de agora venderão seus produtos diretamente para o consumidor, alcançando maior renda e diversificando o destino de sua produção. Para a representante dos agricultores familiares de Gararu, Marta Soares, a feira facilitará muito o escoamento dos produtos cultivados e será uma fonte de renda mais segura para os agricultores da cidade. ”Graças à Secretaria de Inclusão Social do Estado, ao Sebrae e à Prefeitura de Gararu nós conseguimos colocar nossos produtos à disposição do cliente e isso facilita muito a nossa comercialização. Antes a gente vendia de porta em porta e agora é o consumidor que vem até nós, valorizando ainda mais o nosso trabalho. Muito obrigado a todos que acreditam no pequeno agricultor e incentivaram a criação dessa feira”.
Além de uma ação de incentivo à agricultura familiar e à geração de renda para agricultores rurais, a diretora do Departamento de Segurança Alimentar e Nutricional da Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência e Desenvolvimento Social, Vânia Junqueira, destacou a importância da feira no âmbito da garantia da segurança alimentar e nutricional dos sergipanos. “Gararu está de parabéns por apoiar a implementação da feira no município e pelo sucesso que está sendo o primeiro dia de comercialização. É aqui que está o trabalhador, aquele que precisa da política pública, então, esperamos que a feira seja um caminho para que esse agricultor conquiste sua autonomia através da sua nova fonte de renda.
O agricultor Josias José dos Santos, que vendeu todos os produtos no primeiro dia da feira, aposta na iniciativa. “A ideia da feira é um incentivo pra que nós continuemos a plantar produtos da terra. Se não existirem pessoas que apoiem o nosso trabalho o jeito é parar de plantar e buscar outro tipo de trabalho, mas isso a gente não quer, então vamos aproveitar essa oportunidade. Pra mim a experiência do primeiro dia valeu a pena, vendi tudo que coloquei na barraca, espero que continue assim. 
A feira da Agricultura Familiar teve o apoio direto da Secretaria Municipal da Agricultura:

Corpo Técnico:
Ghislain Menezes Santoni
Cleovan de Freitas
Eribaldo Albuquerque
Claudia Damasceno
Jessélio Oliveira
Edileuza França
Jorge Carvalho
José Carlos Rezende
Beatriz Cruz Santos






A Feira da Agricultura Familiar continuará quinzenalmente, situada na Praça Rio Branco, centro - Gararu/Se.


segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Imaginem a felicidade que eu carregava no peito, quando menina acompanhava meu pai (João Cruz) integrante da Banda de música de Gararu, em suas apresentações em Aracaju. Essa fotografia é mais um relato do que Gararu perdeu, não mantendo suas tradições, apesar do descaso ou até infantilidade de muitos, devemos resgatar as boas práticas que outrora existira em nosso município. Não devemos ser coniventes a essas ações vãs, o que devemos fazer é exigir das autoridades o resgate (já) da nossa cultura que ficou apenas nas lembranças, fotos... Portanto, não é necessário ser um Político Partidário que tem somente seus interesses particulares pleiteados para reivindicar tal resgate, todos (sociedade) somos responsáveis pela história.

quinta-feira, 27 de junho de 2013

CODEVASF DISTRIBUI EM GARARU MAIS DE 300 MIL ALEVINOS PARA PRODUTORES RURAIS

 
 


 
 
A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) iniciou nesta quinta-feira (20) a distribuição de aproximadamente 150 mil alevinos para fortalecimento da piscicultura familiar em Gararu, no Alto Sertão de Sergipe. Os juvenis produzidos no Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Betume vão beneficiar 35 comunidades rurais do município.
Os juvenis de tilápia foram entregues à prefeitura de Gararu, que, após ter feito o levantamento e cadastramento de produtores interessados em desenvolver a piscicultura familiar, ficará responsável pela distribuição direta dos alevinos. Uma equipe do município esteve no Centro Integrado de Betume pela manhã para coletar os alevinos, ação que será realizada também nesta sexta-feira (21).

Somente no primeiro dia de distribuição de alevinos, cerca de 100 famílias foram beneficiadas nas comunidades Jibóia, Pias, Lagoa do Padre, Bela Vista, Barriguda e Ouricuzeira. Depois da distribuição de alevinos aos produtores, que se estende até a próxima semana, a Codevasf e o município vão agendar a realização de peixamentos em barragens públicas de Gararu, para a inserção de juvenis de tambaqui e curimatã.

O secretário municipal de Agricultura de Gararu, Ghislain Menezes Santoni, disse que esse trabalho é uma forma de ajudar no sustento dos agricultores familiares. “Dessa forma, melhoramos a alimentação dos produtores e fortalecemos a piscicultura. Agradecemos o apoio da Codevasf, que tem ajudado bastante não apenas na área de piscicultura, mas também fornecendo materiais de apicultura e distribuindo cisternas”, declarou Ghislain.

O superintendente regional da Codevasf, Paulo Viana, destacou o esforço da companhia em fortalecer a atividade piscícola no Baixo São Francisco. “Com a distribuição de alevinos, a Codevasf proporciona uma alternativa econômica importante para a população. Somada a essa ação, também vamos fornecer equipamentos para o desenvolvimento da piscicultura familiar e da pesca artesanal, com recursos do Plano Brasil Sem Miséria”, afirmou.

A Codevasf está investindo R$ 4 milhões para reformar o Centro Integrado de Betume. Com o investimento, a unidade vai poder produzir até 8 milhões de alevinos por ano, diversificar as espécies produzidas e modernizar a sua estrutura. As obras, financiadas com recursos da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), contemplam, entre outros itens, a construção de viveiros e reforma de laboratórios.
                                                       

ROTEIRO PARA DISTRIBUIÇÃO DE ALEVINOS INDIVIDUAL

 
COMUNIDADES
 
 
 
 
GARARU-SEDE
VÁRZEA NOVA
 
 
CABACEIRO
CABEÇA DO BOI II
 
 
TANQUE DA PEDRA
LAGOA DO TUBI
 
 
JUREMA
GOLFINHOS
 
 
QUEREREU
AGROVILA I
 
 
FLOR DA ÍNDIA PA
AGROVILA  II
 
 
JOSENILTON ALVES PA
SÃO JOSÉ
 
 
JIBÓIA
LAGOA RASA
 
 
LAGOA DE DENTRO
SÃO MATEUS
 
 
NOVA ESPERANÇA/MONTE SANTO
MANGEROMA
 
 
LAGOA DO PORCO
MONTE ALEGRE
 
 
LAGOA DO PADRE
LARGINHA
 
 
PIAS
APOLÔNIO DE CARVALHO
 
 
BELA VISTA
JARAMATAIA
 
 
BARRIGUDA
SEPETE ARAJU
 
 
OURICURIZEIRA
BARREIEAS
 
 
JOÃO PEREIRA
 
 
 
 
 
 
 
 

ROTEIRO PARA DISTRIBUIÇÃO DE ALEVINOS - BARRAGENS PÚBLICAS

COMUNIDADES
 
 
 
FLOR DA ÍNDIA PA
PALESTINA
 
 
JOSENILTON ALVES PA
MARIA VITÓRIA
 
 
LAGOA DO PORCO
BAIXA DA GIA
 
 
PIAS
QUIXABA
 
 
OURICURIZEIRA
BARREIRAS
 
 
SEPETE ARAJU
CACHOEIRINHA I
 
 
LAGOA RASA
CACHOEIRINHA II
 
 
VÁRZEA NOVA
 
 
 
GOLFINHOS
 
 
 
 
 
 
 

 
Equipe da Secretaria em Ação Peixamento:
Ghislain Santoni - Secretário
José Carlos (Dudé)
Cleovan de Freitas
Jorge Carvalho
Dias agendados:


Ouça a notícia da Rádio Codevasf:
http://www.codevasf.gov.br/principal/promocao-e-divulgacao/central-de-radio/materias-e-entrevistas-2013/19-codevasf-distribui-150-mil-alevinos-para-produtores-rurais-em-gararu-se.mp3

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Moção de Repúdio



 Estamos em um período de escolher o melhor para Gararu/Se.   Eu, como filha e eleitora de Gararu/Se, venho por meio deste pronunciar contra a brutal repressão que fere o princípio de igualdade, quando não tem havida a prática de respeitar a Vontade, a escolha dos cidadãos em votar nos candidatos que disputam o novo pleito. Perante Deus e a Constituição somos iguais, devemos seguir o princípio da isonomia que está consagrado no art. 5º, caput, da CF “todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza”. Também está disperso por vários outros dispositivos constitucionais, tendo em vista a preocupação da Carta Magna em concretizar o direito a igualdade. Cabe citar os mais importantes: a) igualdade racial (art. 4º, VIII); b) igualdade entre os sexos (art. 5º, I); c) igualdade de credo religioso (art. 5º, VIII); d) igualdade jurisdicional (art. 5º, XXXVII); e) igualdade trabalhista (art. 7º, XXXII); f) igualdade tributária (art. 150, II); g) nas relação internacionais (art. 4º, V); h) nas relações de trabalho (art. 7º, XXX, XXXI, XXXII e XXXIV); h) na organização política (art. 19, III); i) na administração pública (art. 37, I). A isonomia deve ser efetiva com a igualdade da lei, e o da igualdade perante a lei. Fundamento: todos nascem e vivem com os mesmos direitos e obrigações perante o Estado. Conceito: consiste em tratar igualmente os iguais e desigualmente os desiguais. Ads by Google Fonte: http://pt.shvoong.com/law-and-politics/constitutional-law/1618909-princ%C3%ADpio-da-isonomia/#ixzz2jNcWvlTQ Por ser Gararu uma cidade pequena, onde todos se conhecem e até existem graus de parentesco, deve-se haver mais respeito, mais humildade... Peço permissão aos Candidatos a Vaga de Prefeito(a) de Gararu, a Srª Elizabeth Freire e o Srº Antonio Rolemberg, para me manifestar contrária as ações torpes que ambos vem sofrendo nessa jornada eleitoral. Por serem filhos ilustres desta terra, que já fazem parte da história política, deve-se haver mais respeito por parte de idólatras partidários. Gararu PODE SE ORGULHAR DESSES FILHOS? Que invés de ajudar só prejudica seu candidato. Elizabeth: “Mulher de fibra, excelente filha, esposa, mãe, amiga, forte em suas decisões”; Antonio Rolemberg: “Homem de Fibra, excelente fiho, esposo, pai, amigo, forte em suas decisões”; São esses em destaque, porém, poderia apontar tantos outros filhos de Gararu, João, José, Beatriz... Que por muito tem sofrido perseguições infundadas. O POVO quem vai escolher, e, que vença o melhor> Deixo meu apelo ao futuro Prefeito(a), faça jus à confiança de tantos que o eleger, atenda todos seguindo o princípio isonômico. Quero ver Gararu Sorrindo sem medo de perseguições.

Beatriz Cruz Santos

sexta-feira, 13 de julho de 2012

EM BREVE APRESENTAÇÃO DO ARTESANATO URBANO DA SENHORA SOCORRO DE DELITA
Time do Flamengo de Gararu (ano não identificado: Presidentes Denízio e Geraldo Vieira de Melo Integrantes em pé: Demilton, Zé Padrax, Fernando Brito, Dunga de Mané de Julia, Ferreira, Tonho de Anália, Bão de Anália Integrantes agachados: Carlinho de Amarilho, Luíz Canequinha, Vilton de Zé de Alina, Aé Coquinho, Gilson, último sem identificação. Imagens cedidas por Clara Cristina

segunda-feira, 4 de junho de 2012



Gararu atendido pelo PROSPERAR/PRONESE


As comunidades Lagoa Rasa e Jaramataia, município de Gararu,  estiveram na PRONESE dia 29/05/2012, para assinarem a Ordem de Execução aos projetos de Passagem Molhada que serão construídas nas  comunidades citadas. Agradecemos  o apoio da Prefeita Iraci, do Ex-Prefeito Chico, dos Técnicos da PRONESE, em especial a Senhora Amarize - Coordenadora Técnica do Alto Sertão Sergipano.


Por BiaGararu em 04/06/2012. 
BEM VINDOS A GARARU/SE
Ocorreu um erro neste gadget